Publicidade

 

 
 08/04/2019    16:03hs

Ex-árbitro tenta derrubar presidente de CEAF para ocupar a vaga

Nielson Nogueira Dias, atual analista de arbitragem do Náutico, sonha ocupar lugar ocupado por Emerson Sobral que deve perder o cargo no final do Estadual

Evandro Carvalho: "temos que repensar a arbitragem"
Publicidade

O quadro pernambucano de arbitragem vem sendo alvo de criticas desde o inicio do campeonato. Pênaltis que deixaram de ser marcados, impedimento de mais de metro que resultou em gol, faltas fora da área marcadas como pênalti e impedimentos claros não dados.

As reclamações são de todos os clubes e até mesmo do presidente da Federação Pernambucana de Futebol (FPF) Evandro Carvalho que não esta gostando do nível apresentado e classificou como ‘desastrosa’ a arbitragem de Náutico e afogados.

“A arbitragem foi desastrosa. Se eu estivesse ali teria marcado impedimento. É realmente injustificável (o erro). Temos que repensar a arbitragem. Terminado as finais eu vou conversar com a diretoria e ver o que ocorre” - disse o dirigente sinalizando mudanças na comissão.

Paralelo a essas reclamações e vendo como uma oportunidade, o ex-árbitro Nielson Nogueira Dias, árbitro da ultima final do estadual entre Náutico e Central, que se aposentou logo em seguida após não passar em testes físicos da CBF, estaria aproveitando da fragilidade da atual comissão e tentando derrubar o atual presidente, Emerson Sobral, para assumir seu lugar.

Segundo uma fonte em Recife, com a provável demissão de Emerson, Nielson seria indicado para assumir a arbitragem à presidência da Federação Pernambucana de Futebol, de forma extra-oficial, pelo gerente de futebol do Náutico, Ítalo Rodrigues.

 

O dirigente do timbu foi o responsável pela contratação do ex-árbitro que desde que deixou os gramados presta serviços ao clube como analista de desempenho de arbitragem.

Segundo ainda esta fonte, que é muito próxima a FPF, a entidade já decidiu fazer as mudanças, que Emerson não deva permanecer no comando da arbitragem pernambucana, mas que o nome de Nielson Dias não foi cogitado e o fato de prestar serviços a um clube filiado impede que ele assuma qualquer cargo na arbitragem.

Fotomontagem de Nielson postada por torcedores do Santa Cruz no Blog phillipetricolor.blogspot.com

A fonte também revelou, o que não é novidade, que Nielson é individualista, mal visto pelos árbitros e costuma plantar noticias na imprensa para se beneficiar e que os rumores de sua ida para a CEAF não passa de factóides e blá blá blá.

Segundo ainda as informações, os erros cometidos pela arbitragem durante o campeonato, as reclamações dos clubes e o fato do responsável pela arbitragem não estar presente em momentos importantes do campeonato por estar em viagens para cursos ou a serviço da CBF, são os principais motivos que levaram o comando da FPF decidir pela troca de comando na CEAF-PE.

Na presidência da CEAF-PE desde julho de 2017, Emerson Sobral (paletó) ao lado de Murilo Falcão e Salmo Valentim, deve ser demitido do cargo no fim do estadual deste ano - credito: FPF

Não conseguimos contatar os dirigentes da Federação Pernambucana de Futebol e nem o ex-árbitro Nielson Dias para falarem sobre as informações. Procurado, Emerson Sobral disse que não foi informado sobre uma possível demissão, mas que tudo é possível, quando se fala em futebol e arbitragem.

Apitonacional, compromisso só com a verdade!

Publicidade

 

Copyright © 2009     -     www.apitonacional.com.br ® Todos os direitos reservados