Publicidade

 

 
    São Paulo - 03/07/2024    06:11hs

Jovem árbitro João Vitor Gobi apita Criciúma e Cruzeiro

Metade dos jogos da rodada deste meio semana será comandado por jovens árbitros

João Vitor Gobi - Crédito: Cesar Greco/Palmeiras
Publicidade

A arbitragem para a partida entre Criciúma e Cruzeiro, pela 14⁠ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, foi definida nesta terça-feira, dia 2, pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O árbitro de São Paulo (SP) João Vitor Gobi é quem apita o duelo, que acontece no estádio Heriberto Hülse. As equipes se enfrentam nesta quarta-feira, dia 3, a partir das 20 horas.

Os assistentes serão os veteranos Luiz Alberto Andrini Nogueira e Daniel Luis Marques, ambos de São Paulo (SP). Já o quarto árbitro será Anderson Ribeiros Goncalves, de Goiás (GO).

Que João Vitor Gobi, de 28 anos (21/11/1995), tem qualidades para arbitrar futebol ninguém que conhece sua carreira dúvida. Mas apitar futebol não é o único dom deste jovem morador de Cajobi, pequeno Município de dez mil habitantes no interior paulista. Gobi tem a fama de ser uma bomba relógio prestes a explodir e incendiar uma partida a qualquer momento e isso explica seu alto e baixo na arbitragem desde que iniciou carreira em 2013.

Apita Série A do Paulista desde 2020, mas só estreou na Série A do Brasileiro na temporada passada quando atuou em quatro jogos e sumiu do apito depois de Botafogo 4 X 1 Coritiba na 17ª rodada quando foi muito contestado pelos dirigentes da equipe paranaense por conta de gol anulado injustamente após intervenção do VAR.

Nova safra surgindo: O Capixaba David de Oliveira Lacerda, 28 anos, fará seu quinta jogo na Série A - Foto: Divulgação

Depois da longa geladeira voltou a Serie A na 2ª rodada desta temporada, engatou uma sequência sendo que amanhã comanda sua 5ª partida. O que se espera dele é que respire, tenha calma e inteligência para administrar o jogo e que entenda que a ele basta fazer com que o jogo seja dentro das regras e que os protagonistas do espetáculo são os jogadores.

Com as polêmicas e criticas em cima dos árbitros rodados e acomodados como Anderson Daronco, Bráulio Machado entre outros à décadas na elite. É importante a renovação que está em curso e entender que os novos também vão sofrer críticas e vão cometer seus erros, mas com certeza estarão trabalhando com muita vontade para melhorar cada dia mais a performance para terem novas oportunidades e assim ocuparem cada vez mais seu espaço.

Na verdade os jovens árbitros como Gobi, Candançan, Lacerda, Stefano, todos eles escalados na rodada deste meio semana, e outros, estão ocupando os espaços que os ´nativos e acomodados´ - Daronco, Bráulio, Souza, Magalhães, Arleu, Luiz, estão loucos para perderem.

este veiculo de comunicação torce para que, após o joio ser separado do trigo, a renovação necessária traga uma nova cara a arbitragem brasileira. A atual comissão de arbitragem da CBF sofre críticas de todos os lados desde que assumiu e 90% delas justa e merecida, mas não pode ser acusada de não ter coragem para tentar renovar, de não dar oportunidades aos jovens e cobrar os acomodados, mas infelizmente o material humano disponível com qualidade é baixo e a CNA tem que trabalhar com o que tem e apostar mais na sorte que qualidade para encontrar revelar bons árbitros.

Siga o Apitonacional nas redes sociais

Facebook.com/apitonacional

Twitter.com/apitonacional

Instagram/

Apitonacional, compromisso só com a verdade!

Publicidade

 

 

Copyright © 2009     -     www.apitonacional.com.br ® Todos os direitos reservados